Agradar a Deus.

Agradar a Deus.

importa que nos agrademos a Deus!

Finamente, irmãos, pedimos e incentivamos em nome do senhor Jesus que vivam para agradar a Deus, conforme lhes instruímos.” (1Tessalonicenses 4:1)

Existe vezes que nós focamos tanto na opinião dos outros sobre nós, e esquecemos de nos importarmos com o que Deus está pensando a nosso respeito, qual a opinião de Deus sobre nós. Se o que nós temos feito é realmente para agradar a ELE ou para agradar pessoas.

Será que estamos procurando e pondo nossos esforços em montar uma máscara com características e padrões que agradam os homens?

Será que nós estamos buscando pela aprovação dos homens ou a aprovação de Deus? Sermos aprovados perante Deus é bem diferente de sermos aprovados perante os homens.

Nós queremos ser conhecidos pelas pessoas ou conhecidos por Deus?

Porque nos deixamos de fazer determinadas coisas, ou porque fazemos determinadas coisas, será que estamos procurando elogios dos homens ou de Deus? Muitas vezes isso se vê até nos ministérios, pessoas às vezes servem a Deus e fazem coisas que aparentemente são para Deus mas na verdade elas só querem ser aprovados e agradáveis aos homens. Não é errado fazer mas é errado fazer só para se mostrar e agradar as pessoas.

Sabe, qual a motivação do seu coração, é nisso que Deus se interessa, no que nos move a fazer as coisas, não só no que fazemos de fato.

Será que nós vivemos pelo que de fato importa?

O que queremos, os aplausos dos homens ou de Deus?

Acaso estou tentando conquistar a aprovação das pessoas? Ou será que procuro a aprovação de Deus? Se meu objetivo fosse agradar as pessoas, não seria servo de cristo.” (Gálatas 1:10)

Será que estamos investindo tempo na vida que Deus quer para nós?

Os olhos de Deus estão sobre nós, ele vê cada passo que damos. Nos agradamos a ele ou queremos que ele nos agrade?

Não sei se você já se fez essas perguntas, se não, recomendo você a fazer, faça uma autoanalise e veja aonde realmente está o seu coração, você vive para agradar quem, você mesmo, os homens ou a Deus?

É importante e a Bíblia fala sobre isso, em termos boa reputação é bom testemunho, isso é válido e tem sua importância mas a forma que adquirimos bom testemunho está ligado a forma que vivemos, se vivermos de maneira intensa em agradar a Deus, logo teremos bom testemunho mas o fato é o nosso objetivo não está em ter bom testemunho está em agradar ao senhor e isso nos levará a ter bom testemunho.

Nos dias de hoje aonde a aparência diz mais do que palavras é quase que comum as pessoas viverem por isso, por terem boa aparência, e também em ser pessoas agradáveis, que todos gostam, que todos admiram, mas existe um grande risco em querer viver para ser admirado, porque você pode esquecer qual é a sua essência, você cria um personagem que na verdade nunca existiu, você acaba esquecendo e perdendo quem você é de verdade. Você fala o que fala, porque você realmente pensa e tem convicção sobre isso ou só para agradar as pessoas? Você gosta do que gosta, porque gosta de verdade ou porque todos a sua volta gostam, porque suas referências gostam porque todo mundo gosta então isso te leva a gostar também?

Deus nos criou de forma única, não existe ninguém igual, cada um é único, cada um tem seus gostos, seus jeitos, nós fomos feitos para sermos únicos, Deus não criou um padrão o padrão foi o homem que criou, na verdade o padrão de Deus é a singularidade, sermos únicos e para termos nossa própria personalidade. Deus não criou um mundo de iguais mais de diferentes e isso é a vontade de Deus e Ele nos criou não para agradarmos uns aos outros mas para agradar a Ele.

A vida que Deus espera que nós tenhamos é uma vida derramada a ele, aonde agradar a si mesmo já não importa, muito menos agradar os homens.

“Então vocês viverão de modo a sempre honrar e agradar ao senhor, dando todo tipo de bom fruto e aprendendo a conhecer a Deus cada vez mais.”

A nossa geração se importa tanto em postar fotos e ficar esperando que pessoas tão insignificantes nos digam que somos bonitos, que somos incríveis, que o que fazemos é legal, a gente se importa tanto com a opinião dos outros sobre nós, sendo que aquele que realmente importa, Deus, por vezes nos se quer nos importamos com o que ele acha sobre o que estamos vivendo e como estamos vivendo. Nós não precisamos que pessoas digam o que somos, se somos bons ou não nós precisamos encontrar isso em Deus nele está o nosso valor. Ele nos fez, para ele nós somos melhores dentre toda criação, ele nos ama tanto. É a admiração dele que devemos buscar, agradar a ele que devemos querer, e se agradar a ele desagrada os homens isso não deve importar para nós, porque nosso coração está nele, e se estamos agrando a ele é o que importa, saber que Deus está feliz com a gente, saber que estamos agradando a ele é melhor que tudo é o que deve importar para nós, agradar a Ele é o foco da nossa vida. Viver para fazer ele feliz e viver para fazer a vontade dEle viver para Ele totalmente. Viver pela atenção dele, mesmo que ninguém nos conheça o que importa é se Deus nos conhece, se Deus se agrada de nós, se Deus é nosso amigo íntimo, se ele pode confiar em nós, e contar com a gente, se ele pode nos dar coisas tão grandes como um reino para cuidarmos, se buscamos agradar a ele ele saberá que somos capazes de cuidar e reinar junto com ele em seu reino porque não nos importamos com a opinião dos outros mas somente com a Dele.

“Por isso aqueles que ainda estão sob o domínio da sua natureza humana não podem agradar a Deus.” (Romanos 8.8)

O objetivo é agradar a Deus, e sem fé é impossível o agradar, o nosso anseio por agrada-lo nos levara a ter mais fé e não qualquer fé mas uma fé inabalável.

Viver pela audiência de Deus, ser agradáveis a Ele, viver pelos elogios dele, fazer o que ele deseja.

“Se não vivemos pelos elogios dos homens, não morreremos por suas critica.” Bill Johnson

Qual a porcentagem de valor que a opinião das pessoas tem para determinar a sua vida? Se você deve ou não deve fazer determinada coisa, se deve gostar ou não de determinada coisa.

Avalie suas motivações, antes de tomar qualquer iniciativa ou decisão, pense se isso é para agradar a Deus ou a homens, se for para agradar a Deus e você estiver convicto de que isso o agrada de verdade, faça, se não, não faça, mesmo que que isso leve pessoas até a nos adiar, se o que estamos fazendo e a maneira que vivemos de fato agrada a Deus e estamos fazendo tais coisas e vivendo para o agradar, se isso incomodar alguns, que cada vez incomode mais, que o número de pessoas que nos odiarem por estamos agradando A Deus aumente cada vez mais. Parece que distorcemos as coisas, o foco nunca esteve em nós esteve sempre Nele. A opinião dele é a única que vale e importa para cada um de nós e a vontade dele que devemos buscar realizar.

Buscar sermos como Enoque, sermos conhecidos por agradar a Deus.

“Pela fé, Enoque foi levado pra o céu sem ver a morte; “ele despareceu porque Deus levou para junto de si.” Porque, antes de ser levado, ele era conhecido por agradar a Deus.” (Hebreus 11.5)

Quando amamos a Deus somos livres de nos mesmo para vivermos para Deus, para satisfazermos o coração dele.

E no fim “Eles o derrotaram pelo sangue do cordeiro e pelo testemunho deles. Não amaram a própria vida nem mesmo diante da morte.” (Apocalipse 12.11)

Não amamos a própria vida, não nos importamos com as críticas com as perseguições, com os insultos, se queremos agradar a Deus iremos precisar desagradar muita gente principalmente a nós mesmos, viver para fazer ele conhecido mesmo que isso custe a nossa própria vida, porque nossa vida está nele, nos já estamos mortos para nós mesmo, o que deve nos mantém vivos é o trabalho que temos que realizar aqui na terra: pregar as boa novas do evangelho, curar os enfermos, libertar os cativos, cuidar das pessoas, amar a Deus e amar ao próximo.

Minha grande expectativa e esperança é que eu jamais seja envergonhado, mas que continue a trabalhar corajosamente, como sempre fiz, de modo que Cristo seja honrado por meu intermédio, quer eu viva, quer eu morra. Pois, para mim, o viver é Cristo, e o morrer é lucro. Mas, se continuar vivo, posso trabalhar e produzir fruto para Cristo. Na verdade, não sei o que escolher. Estou dividido entre os dois desejos: quero partir e estar com Cristo, o que me seria muitíssimo melhor. Contudo, por causa de vocês, é mais importante que eu continue a viver. Ciente disso, estou certo de que continuarei vivo para ajudar todos vocês a crescer na fé e experimentar a alegria que ela traz.” (Filipenses 1:20-25 )

Na verdade a vida que amamos é a vida eterna que Deus nos prometeu ela que nós ansiamos e esperamos, morrer não é o fim, é só o começo para uma vida eterna com Deus em conhecê-lo. Mas se estamos vivos é pela vontade de Deus, então devemos viver para ele é tudo que fizermos, devemos buscar fazer para glória dEle!

(Não quer dizer que não devemos escutar as críticas principalmente as críticas construtivas e analizar o que fez as pessoas acharam isso, mas esse não deve ser o objetivo viver para opinião dos outros mas devemos ouvir e pensar sobre, e também é muito importante, ouvirmos as pessoas mais experientes na fé, e maduras espiritualmente sempre aprendemos muitos, mas nosso coração e objetivo é agradar a Deus sempre.)

Sei que ficou meio repetitivo, mas espero de todo coração que tenham entendido o que quis dizer. Fiquem com Deus e vivam aos pés dEle.

Isso é Sobre pessoas que estão querendo mais os pés do senhor para se derramar e se entregar a Ele do que as mãos do senhor para recebermos algo. O evangelho está em darmos não em recebermos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s