O cordeiro de Deus que tira o meu pecado.

“Meu servo cresceu em sua presença, como tenro broto verde, como raiz em terra seca. Não havia nada de belo nem majestoso em sua aparência, nada que nos atraísse. Foi desprezado e rejeitado, homem de dores, que conhece o sofrimento mais profundo. Demos as costas para ele e desviamos o olhar; ele foi desprezado, e não nos importamos. Apesar disso, foram as nossas enfermidades que ele tomou sobre si, e foram as nossas doenças que pesaram sobre ele. Pensamos que seu sofrimento era castigo de Deus, castigo por sua culpa. Mas ele foi ferido por causa de nossa rebeldia e esmagado por causa de nossos pecados. Sofreu o castigo para que fôssemos restaurados e recebeu açoites para que fôssemos curados. Todos nós nos desviamos como ovelhas; deixamos os caminhos de Deus para seguir os nossos caminhos. E, no entanto, o S ENHOR fez cair sobre ele os pecados de todos nós. Ele foi oprimido e humilhado, mas não disse uma só palavra. Foi levado como cordeiro para o matadouro; como ovelha muda diante dos tosquiadores, não abriu a boca. Condenado injustamente, foi levado embora. Ninguém se importou de ele morrer sem deixar descendentes, de sua vida ser cortada no meio do caminho. Mas ele foi ferido mortalmente por causa da rebeldia do meu povo. Não havia cometido nenhuma injustiça e jamais havia enganado alguém. Ainda assim, foi sepultado como criminoso, colocado no túmulo de um homem rico. Fazia parte do plano do S ENHOR esmagá-lo e causar-lhe dor. Quando, porém, sua vida for entregue como oferta pelo pecado, ele terá muitos descendentes. Terá vida longa, e o plano do S ENHOR prosperará em suas mãos. Quando ele vir tudo que resultar de sua angústia, ficará satisfeito. E, por causa de tudo que meu servo justo passou, ele fará que muitos sejam considerados justos, pois levará sobre si os pecados deles. Eu lhe darei as honras de um soldado vitorioso, pois ele se expôs à morte. Foi contado entre os rebeldes; levou sobre si a culpa de muitos e intercedeu pelos pecadores.”

Isaías 53:2-12

A Páscoa pra mim não é chocolate

Não é presentear os outros e receber presente.

Não é só deixar de comer carne e comer peixe ou sei lá qualquer outra coisa do tipo.

Na verdade a Páscoa não tem nada a ver com o que eu faço, nem com quem eu sou, na real não tem haver comigo, mas com aquele que me amou. A Páscoa é sobre Ele, sobre Jesus.

Sobre o sacrifício de amor dEle.

Sobre o maior e melhor presente que recebi em todo minha vida. A salvação, a salvação de muitas coisas mas a principal delas foi a salvação do meu eu, fui salva de mim mesmo, e isso não me custou nada, mas custou muito pra ele, eu só ganhei e ganhei muito. A única coisa que eu tive que fazer para receber foi crê, crê no seu amor, crê na sua graça e no seu favor. E isso é muito fácil porque ele é irresistível.

Foi um imprudente a amor ele não levou em conta os risco que estava correndo por amor a mim, por amor a minha vida ele não amou a sua própria vida. Ele veio para fazer a vontade do pai e a vontade do pai era nos amar e nos salvar e foi o que ele fez até o fim, hoje ele é o amado e está com o pai e nós somos um com ele, ou seja nós somos os amados do pai e estamos com Jesus aonde ele está.

Você trouxe sentido para minha vida. Não tinha nenhuma razão para viver e você me trouxe a melhor razão para estar viva, para acordar todos os dias. Você me completou, você tirou meus medos, minhas dores, meus traumas, sarou as feridas, as marcas.

Me mostrou o meu valor, a minha beleza, e me disse que sou muito preciosa! Que a minha real beleza está no meu coração.

Você começou a me fazer melhor, e estou em obras, sendo construída por você, transformada na sua imagem, naquele que fui criada pra ser.

Você mudou minha mente, me deu um novo coração. Me fez nova, me refez. O resto não tem mais sentido, tanto faz o que deixei pra trás, uma coisa me importa: buscar a Cristo e conhecê-lo mais a cada dia.

Ele é o meu verdadeiro amor.

A raiva que sentiram quando olharam pra Jesus em sua morte é porque estavam vendo nele os nosso pecados, estavam me vendo nele, o amor que Deus sente quando me vê não é por causa de mim é porque ele vê Jesus em mim, ele vê a santidade, a fé e a pureza de Jesus. Jesus trocou de lugar comigo na cruz, o ato de sua morte e ressureição nos tornou um só. Jesus não é só o sentido da Páscoa ele é o sentido da vida, ele da sentido e graça a vida. Será pra sempre o eterno caminho a verdade e a vida!

A vida cristã não é carregar uma cruz, é morrer nela com Jesus e passar a viver pelo Espírito Santo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s