Olhos fixos em Jesus

Eu fixo meus olhos em Jesus. Somente para ele eu vou olhar.

Nós focamos tanto no agora, no momento que estamos passando. Se preocupamos com coisas passageiras e sofremos por elas.

A real é que todos vamos ter e temos momentos difíceis, momentos ruins. A dica é: tire o foco dessas coisas. Ponha seus olhos na mira certa.

Está tudo um caos?

Está tudo dando “errado”? (muitas vezes o que é errado para nós é o certo para Deus).

Está doendo?

Sim! Mas olhe com outros olhos, a ótica de Deus para dor não é como a nossa.

Está doendo muito, mas meus olhos não estão na dor, não estão no caos, se colocar meu olhos na dor, na dificuldade, eu vou morrer aos poucos, eu não vou conseguir continuar. Quando eu tiro os meus olhos da dor, e ponho eles fixados em Jesus, sabendo que ele entende tudo que passo, tudo que sinto, sabendo que ele também viveu aqui, e sofreu pra caramba, mas ele não colocou seus olhos, sua atenção no sofrimento, ele colocou os olhos em Deus o seu pai.

E eu me apego a ele, e faço como ele fez, ele só conseguiu suportar tudo, toda dor, humilhação e sofrimento porque seus olhos estavam fixos em Deus e na alegria que estava por vir, no fruto daquela dor.

Toda dor gera algo lindo.

Fiz um pacto com meus olhos, não permito que eles fiquem fixos na dor, nem nas coisas desse mundo, mas na glória e na alegria que eta vindo e foi proposta a mim e será eterna.

Fixo meus olhos em Jesus

Autor da minha vida, do ar que eu respiro, no dono do meu fôlego de vida.

Isso me faz descansar em meio ao caos, e até dormir em meio a tempestade em alto mar, porque uma coisa tenho em mente, ele é Deus e está sob o controle. Isso é fé!

O que estou vivendo não define nada, só ele define tudo na minha vida!

Não que eu não sinta a dor, eu sinto, mas meus olhos não dão a mínima pra elas, eu sei que as lágrimas podem estar regando lindas flores que brotaram no tempo certo.

E me alegrarei em Jesus e com Jesus.

Não me permito tirar os olhos dele, se eu olhar pra baixo eu caiu.

Olhando pra ele, vejo ele me motivando a prosseguir, como uma glande plateia, “você consegue, olha pra mim, não tira os olhos de mim, me segue.”

E assim eu vou

Corro o risco de cair se desviar o olhar, mas ele está ali para me levantar para mim continuar.

Se você quer ver o resultado se comprometa com os processos, mas não foque nos processos passe por eles olhando para os resultados, para seu alvo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s